“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Em SP, pastoral carcerária realiza formação em justiça restaurativa

Justica_restaurativa_SP
De 21 a 23 de junho, 40 agentes da Pastoral Carcerária do Estado de São Paulo, participaram da 1ª fase do curso de justiça restaurativa, promovido pela PCr Nacional, com o apoio da Escola de Perdão e Reconciliação (ESPERE) – Núcleo Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo (SP).

A formação aconteceu na Diocese de São José do Rio Preto, no município de Jaci, na Casa de Encontro Rainha da Paz, da Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, e foi assessorada por Catarina e Milena, agentes que atuam na capital paulista, e Cleide, que atua em Aracaju (SE). O secretário da PCr de São Paulo, Adolfo Oliosi, representou a coordenação estadual.
Durante o encontro foram realizadas dinâmicas, partilhas de experiências e reflexões sobre os aspectos que pautam a abordagem em justiça restaurativa: compaixão, perdão, meditação, superação da raiva e do rancor, entre outros pontos.
Destacou-se que, para a atuação da PCr, este instrumento de justiça qualifica a ação dos agentes. Contudo, em todos os setores da sociedade, uma leitura social que busque a reconciliação é mais do que urgente, haja vista a realidade de desigualdade, violência e aprisionamento vivida no âmbito do Estado de São Paulo nas últimas décadas.
A segunda fase do curso, que totalizará 40 horas de formação, acontecerá de 26 a 28 de julho, no mesmo local. A proposta é qualificar os participantes para serem multiplicadores/formadores dos princípios e das práticas em justiça restaurativa.

Pastoral Carcerária. http://carceraria.org.br/em-sp-pastoral-carceraria-realiza-formacao-em-justica-restaurativa.html#sthash.VcPvFYsM.dpuf

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...