“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de abril de 2013

Oportunidade: Justiça Restaurativa é tema de curso promovido pela FADISMA


A capacitação é destinada aos professores da Instituição, egressos e graduados em ciências humanas ou sociais


Para quem não conhece o assunto, a Justiça Restaurativa constitui uma nova maneira de abordar as relações conflituosas. Segundo informações disponibilizadas pelos professores Fábio Rijo Duarte, Candisse Schirmer e Carolina Suptitz, da Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA), ela enfoca a reparação dos danos causados às pessoas e relacionamentos, ao invés de punir os transgressores.
“Os principais conceitos a colocam enquanto um processo colaborativo que envolve aqueles afetados mais diretamente por um crime, chamados de ‘partes interessadas principais’, para determinar qual a melhor forma de reparar o dano causado pela transgressão, detalhou um pouco mais o professor Fábio.
Isso e muito mais será tratado no Curso em Justiça Restaurativa. A capacitação é uma promoção da FADISMA e será conduzida por Isabel Cristina Martins Silva. Ela é Servidora na 3ª Promotoria de Justiça Especializada da Infância e Juventude de Santa Maria e na Promotoria de Justiça Regional de Educação de Santa Maria. Também é Bacharel em Direito pela Faculdade Metodista de Santa Maria, RS (FAMES); tem Formação em Coordenadora de Práticas Restaurativas pela Escola Superior da Magistratura/AJURIS, RS; é Pós-Graduanda do Curso de Especialização em Direito com ênfase na temática da Criança e do Adolescente pela Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul; possui formação em Mediação Judicial pelo CNJ e; é membro do Comitê de Prevenção à Violência da SEDUC/RS.
Todos os professores da FADISMA, com graduação em Ciências Humanas ou Sociais, poderão participar do curso gratuitamente. Segundo a professora Carolina, que também investe esforços na Assessoria de Pesquisa, Extensão e Formação Contínua da FADISMA, o objetivo é qualificar cada vez mais o quadro docente da Instituição, que já possui uma característica de excelência e multidisciplinariedade.
A professora Candisse Schirmer, vice-coordenadora de Graduação, reforça: “A Justiça Restaurativa tem como objetivo maior atingir o bem-estar entre as partes de modo a restaurar a relação que foi quebrada por ocasião do conflito, sendo um procedimento informal, que funciona com a colaboração de uma equipe interdisciplinar. E a interdisciplinaridade, a complementariedade de competências, os novos olhares, tudo que fomentar uma qualificação completa e competente, interessa a nossa faculdade que sempre destaca a missão de Educar Sempre”.
Para egressos e demais interessados, o investimento no curso é de R$200,00. Os professores interessados deverão inscrever-se na Secretária da Coordenação, junto às colaboradoras Maria Aparecida Soares ou Luciana Porto, até o dia 22 próximo.
Egressos e demais interessados devem realizar a inscrição na Secretaria Geral da Faculdade, junto à Alana Huppes ou Eliane Meirelles.
Dúvidas podem ser sanadas também junto à Secretaria Geral, diretamente com o professor e Secretário Geral Fábio Rijo Duarte.
O curso já inicia na próxima segunda-feira (25). Os primeiros quatro encontros ocorrerão das 14hs às 18hs, de segunda a quinta-feira. Os encontros seguintes, que integralizarão 40hs, ocorrerão no mesmo horário, em semana ainda a combinar.
Nesse link é possível obter outras informações adicionais sobre o curso. E atenção: a participação em 75% dos encontros assegurará certificação. As vagas são limitadas. Não perca tempo!

FADISMA. (Publicada em 20/03/2013)

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...