“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Forum IBCCRIM - Alvino Augusto de Sá

Tema: Reintegração Social do Condenado ]

Mediador pelo IBCCRIM: IBCCRIM - Doutor em Psicologia Clínica, professor de Criminologia da Faculdade de Direito da USP, membro do Conselho Diretivo da Revista Brasileira de Ciências Criminais, psicólogo (aposentado) da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo

Entrevistado(a): Alvino Augusto de Sá

Data: 28-11-2007 - 11:00:00


Por: Fernanda - Piracicaba - SP Data: 28-11-2007

Bom dia professor! O Sr. acha que as medidas alternativas como a reparação do dano podem contribuir para a reintegração do condenado?

Não posso negar que a reparação do dano seja uma medida justa para a vítima. Poderá tb ser útil para o condenado, na medida em que, através dela, mediante um processo assistido e monitorado de reflexão, ele tenha oportunidade de viver outras dimensões do relacionamento humano. O risco da reparação é que ela seja aplicada de forma isolada, assumindo um caráter meramente punitivo, enfatizando unicamente o "erro" de conduta da parte do condenado e não possibilitando a este uma oportunidade de verbalizar as "verdades" de sua história, de melhor refletir sobre elas e de contribuir para que outros tb melhor reflitam.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...