“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Prefeito de Maringá recebe equipe do projeto Justiça Restaurativa


Secretaria de Comunicação
 
Pupin recebeu representantes da UEM, OAB, Secretaria Estadual de Justiça, Câmara Municipal, secretarias de Assistência Social e Cidadania, Trânsito e Segurança, Procuradoria Municipal e conselhos para debater sobre o projeto Justiça RestaurativaClique para ampliar a foto
Pupin recebeu representantes da UEM, OAB, Secretaria Estadual de Justiça, Câmara Municipal, secretarias de Assistência Social e Cidadania, Trânsito e Segurança, Procuradoria Municipal e conselhos para debater sobre o projeto Justiça Restaurativa 
- Foto: André Renato/SECOM
O prefeito Roberto Pupin recebeu nesta sexta-feira (13) representantes da UEM, OAB, Secretaria Estadual de Justiça, Câmara Municipal, secretarias de Assistência Social e Cidadania, Trânsito e Segurança, Procuradoria Municipal e conselhos para debater sobre o projeto Justiça Restaurativa. 
A Justiça Restaurativa como alternativa para a pacificação de conflitos e restauração das relações sociais é um modelo recomendado pela ONU e que no Brasil vem sendo adotado como política pública de solução adequada de conflitos.
Em síntese é um processo voluntário, que promove o encontro das pessoas envolvidas em situação de conflito ou violência para, orientados por um coordenador, abordarem o problema e construírem soluções futuras.
O processo valoriza a autonomia das pessoas e o diálogo em espaço onde todos têm direito de fala e de escuta, de forma respeitosa, criando oportunidades para os envolvidos e interessados se expressarem em busca de ações que possibilitem prevenir a violência e lidar com as suas implicações. O foco é a relação pessoal e não a definição de culpados e punições.
O objetivo da equipe foi solicitar apoio do município na sequência do projeto. Pupin se comprometeu em adotar o projeto como política pública no município, treinando equipes da Prefeitura para multiplicar essas ações. “Tudo o que pudermos fazer para melhorar nossa sociedade, nós vamos abraçar. Podem contar com a Prefeitura”, garantiu.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...