“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

sábado, 14 de maio de 2011

II Congresso Internacional de Mediação

O CAPP- Centro de Administração e Políticas Públicas do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), da Universidade Técnica de Lisboa e o Gabinete de Resolução Alternativa de Litígios (GRAL), Ministério da Justiça, organizam o II Congresso Internacional de Mediação, que decorrerá nas instalações do ISCSP, em Lisboa, de 20 a 22 de Outubro de 2011.
Atravessamos um momento em que se assiste ao desenvolvimento e à consolidação da Justiça Restaurativa na Europa e no resto do Mundo. Em Portugal, o regime da mediação em Processo Penal, introduzido no ordenamento jurídico português em 2007, deu origem à criação, em 2008, do Sistema de Mediação Penal, especificamente dedicado à mediação penal de adultos. O Sistema de Mediação Penal findou, entretanto, o seu período experimental de dois anos. Por outro lado, prepara-se no Ministério da Justiça a criação de um novo Sistema de Mediação Juvenil. É chegado, pois, o momento de propiciar um espaço de reflexão. Pretende-se que o II Congresso Internacional de Mediação seja aberto à partilha e ao debate em torno da teorização dos princípios, da construção dos conceitos e do caminho a gizar para o futuro da Justiça Restaurativa. Para isso, o Congresso contará com conferências plenárias, as quais terão a presença de convidados estrangeiros de reconhecido mérito e experiência nos diferentes domínios da Justiça Restaurativa bem como convidados nacionais de relevo. Com vista a propiciar também a partilha em torno das práticas restaurativas haverá espaço para workshops, de pendor eminentemente prático, em que será possível conhecer o trabalho desenvolvido pelos mediadores portugueses no âmbito do Sistema de Mediação Penal nacional e também colher outras experiências provenientes de outros países e continentes, designadamente a propósito da mediação penal de adultos e ainda da mediação juvenil, da mediação em contexto prisional e do conferencing.
A organização do II Congresso de Mediação convida à apresentação de propostas que serão apresentadas no âmbito dos workshops que decorrerão durante o congresso.
Requisitos de admissão das propostas pelo Conselho Científico:
- Breve biografia do proponente, incluindo informação relevante sobre o trabalho desenvolvido, para publicação a distribuir pelos congressistas. A biografia não deve ter mais de 150 palavras.
- Breve sumário do teor da intervenção proposta, para publicação a distribuir pelos congressistas. Ao descrever o teor da sua intervenção, por favor mencione quais os meios que pretende utilizar, como power point, filmes, simulações envolvendo os congressistas ou outros. O sumário não deve ter mais de 300 palavras.
- As propostas devem ser apresentadas em letra Garamond, tamanho 12, parágrafo 1,5, em documento Word.
- No e-mail em que submeta a sua proposta responder às seguintes questões, utilizando para o efeito, no máximo, dois parágrafos para cada resposta:
a) A quem se destina a apresentação que propõe? (exemplos: mediadores, magistrados, advogados, academia, outros)
b) Como é que a sessão proposta se relaciona com as práticas restaurativas?
As propostas devem ser enviadas para gral@gral.mj.pt, até 30 de Março de 2011. Os proponentes serão informados da decisão tomada pelo Conselho Científico sobre a aceitação ou não das comunicações até 30 de Abril de 2011.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...