“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Programa Justiça Restaurativa se torna lei em Santos, SP

Modelo de mediação de conflitos é feito por meio do diálogo com todos os envolvidos e a comunidade escolar.


Justiça Restaurativa é implantada nas unidades escolares de Santos (Foto: Francisco Arrais/Prefeitura de Santos)

O programa Justiça Restaurativa deixa de ser apenas uma ação da administração municipal para se tornar uma política pública permanente em Santos, no litoral de São Paulo. O programa está presente em 28 escolas da cidade com o objetivo de solucionar conflitos por meio do diálogo. A Lei 3371 foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (12).
A Justiça Restaurativa é um modelo de mediação de conflitos por meio do diálogo com todos os envolvidos e a comunidade escolar, baseado na reparação do dano e não na punição.
De acordo com informações da Prefeitura de Santos, a Justiça Restaurativa foi implantada em outubro de 2014, em nove escolas-piloto da Cidade. Porém, já existe há dez anos no Brasil. Hoje, é presente em 28 unidades escolares de Santos, beneficiando 15.614 alunos.
Em agosto de 2016, foi concluída a capacitação de 106 novos facilitadores, que são professores, inspetores de alunos, cozinheiros, entre outros profissionais, aptos a intermediar e prevenir ocorrências (bullying, brigas, problemas familiares, entre outros), por meio do diálogo entre os envolvidos (estudantes, familiares e educadores) em práticas circulares (círculos de paz). Também foram formados 41 multiplicadores do programa, que atuam para difundir a prática e contribuir na formação dos facilitadores.



Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...