“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de março de 2017

Comitê define metas para Justiça Restaurativa potiguar

Núcleo dedicado à prática conta com 50 facilitadores. Em 2017, objetivo é adicionar outros 25 (Divulgação/TJRN)
O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Natal (RN) e a Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (CEIJ) realizaram a primeira reunião para definir metas referentes à Justiça Restaurativa para o ano. Na reunião, em fevereiro, foi definido que os facilitadores do Núcleo de Justiça Restaurativa, que já atuam em processos vindos dos juizados especiais criminais, passarão também a trabalhar nos processos da área da Infância e da Juventude, os quais serão encaminhados pela Primeira Vara da Infância e da Juventude de Natal.
O Núcleo de Justiça Restaurativa possui 50 facilitadores, todos formados no método de círculos de construção de paz. Para 2017, está prevista a formação de uma turma de facilitadores com 25 vagas, dessa vez destinada aos magistrados e também a contratação de uma entidade qualificada para realizar atividades de supervisão com os facilitadores que atuam no núcleo.
Definiu-se ainda a realização do I Encontro dos Facilitadores do Núcleo de Justiça Restaurativa do RN que ocorrerá no próximo dia 3 de abril deste ano na ESMARN, e contará com a presença do Coordenador Estadual do Cejusc, juiz Herval Sampaio. Participaram da reunião a juíza Arklenya Pereira, coordenadora da Cejusc Natal e o juiz José Dantas de Paiva, coordenador da CEIJ.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...