“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Resultados da mediação escolar no Brasil serão debatidos em João Pessoa

O seminário “Mediação e Práticas Restaurativas na Comunidade Escolar”, que ocorrerá em João Pessoa, a partir desta quinta-feira, 19, trará no segundo painel autoridades e especialistas dos estados de São Paulo, Ceará e Paraíba.
Os painelistas José Farias de Souza Filho, Tatiane Castro, Suely Costa e Ana Betania do Nascimento abordarão o tema ‘A Mediação Escolar no Brasil: fundamentos e resultados’.
unipe
Foto: Reprodução/Internet
O seminário é promovido pelo Fórum Metropolitano de Discussão e Diálogo de Prevenção e Monitoramento de Violências e ocorrerá nesta semana (19 e 20) no auditório do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê).
O seminário também terá entre os painelistas, representantes da Universidade Federal da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba, do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Mediação de Conflitos (Mediac) da UFPB, Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Tribunal de Justiça da Paraíba, Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB) e Secretaria de Educação do Município de João Pessoa.
O objetivo do seminário ‘Mediação e Práticas Restaurativas na Comunidade Escolar’ é pautar a cultura de paz nas escolas, por meio do debate sobre mediação de conflitos.
O evento é voltado para profissionais da Educação (secretários municipais, professores, supervisores, diretores e coordenadores de ensino fundamental e médio) das escolas públicas e privadas da região metropolitana da capital.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no dia do evento. Haverá certificado de participação.
O seminário é uma das ações do Grupo de Trabalho sobre Mediação, Conciliação e Justiça Restaurativa, criado no âmbito do Fórum Metropolitano para conjugar esforços e priorizar ações que viabilizem o fortalecimento de valores centrais e sociais e mudança de atitude coletiva para elevação dos níveis da segurança humana na região metropolitana da capital do estado.
Lançado em João Pessoa, em 19 de novembro de 2015, o Fórum Metropolitano de Discussão e Diálogo de Prevenção e Monitoramento de Violências é fruto de mais de um ano de diálogos entre diversos órgãos e entidades.
O fórum é parte do projeto de trabalho constituído a partir das investigações do Inquérito Civil nº 1.24.000.002944/2014-38, que tramita na Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), do Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB), e que tem por objetivo investigar os motivos ensejadores do grande número de homicídios no estado, sobretudo entre jovens, e efetivar soluções de forma integrada entre os entes federativos.
FONTE: Da Redação com Ascom. 19.05.2016.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...