“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de março de 2016

Seminário Infovítimas: Inovação na promoção dos direitos das vítimas



Seminário Infovítimas: Inovação na promoção dos direitos das vítimas
Porto, 7 de Abril de 2016



Seminário Infovítimas: Inovação na promoção dos direitos das vítimas terá lugar no Porto, no dia 7 de Abril de 2016, no espaço Atmosfera M.

Este Seminário surge no âmbito do Projeto Infovítimas II (co-financiado pelo Programa Justiça penal da União Europeia) que a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) promove em parceria com o Victim Support Scotland (Escócia), Subvenia Victima (Polónia), o Weisser Ring Germany (Alemanha), Weisser Ring Austria (Áustria), Victim Support Europe, a Direcção Geral da Administração da Justiça e a Polícia de Segurança Pública.

Vivemos um momento de viragem em matéria de direitos e apoio a vítimas de crime. A alteração de paradigma, sobretudo fruto da implementação, pelos Estados Membros, da Diretiva do Parlamento e do Conselho que estabelece normas mínimas relativas aos direitos, ao apoio e à proteção das vítimas de criminalidade, veio introduzir desafios acrescidos e tornar premente a necessidade de (re)adaptações, quer nos sistemas de justiça penal quer nos serviços de apoio à vítima.

Ao mesmo tempo, a crescente importância das tecnologias de informação, tem vindo a desencadear iniciativas promotoras de um novo modelo das respostas de apoio à vítima de crime. Este novo modelo está sobretudo focado na procura de respostas inovadoras e alternativas de proximidade às vítimas de crime, seus familiares e amigos.

Qual o estado da arte ao nível dos direitos das vítimas na Europa? Quais os desafios mais imediatos?

Que formas inovadoras estão os Estados-Membros a desenhar para melhor lidar, prestar informação e apoio às vítimas de crime?

Como chegar a mais vítimas?

No Seminário Infovítimas: Inovação na promoção dos direitos das vítimas procuraremos analisar o estado da arte no que concerne aos direitos das vítimas de crime em Portugal e na Europa, refletindo sobre aspetos inovadores dos modelos de prestação de informação e a diversificação dos meios de atendimento e apoio à vítima.


Inscreva-se já!

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...