“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Profissão Repórter mostra ex-detento que após se converter, procura por suas vítimas para pedir perdão; Assista

Profissão Repórter mostra ex-detento que após se converter, procura por suas vítimas para pedir perdão; Assista

A edição da última terça-feira, 06 de agosto, do programa Profissão Repórter mostrou a história de um homem que, depois de se converter ao Evangelho e cumprir sua pena, está em busca de perdão de suas vítimas.
Silas de Jesus foi condenado por assaltos e tentativas de homicídio, passou 14 anos preso e está há três meses em liberdade. “Comecei a roubar com 24 anos de idade”, revela Silas.
O programa acompanhou a busca de Silas pelas vítimas e seus relatos a elas sobre sua conversão e a busca por perdão. “Estou buscando as pessoas que eu atingi. Hoje eu sou um cristão”.
Uma das vítimas de Silas foi Djalma Carvalho, que foi esfaqueado durante um assalto a uma locadora e precisou sofrer uma cirurgia de emergência para sobreviver, e passou 20 dias internado.
Carvalho relatou que tentou impedir a fuga de Silas após o assalto, e nesse momento, foi esfaqueado pelo então bandido. No encontro, Silas foi objetivo, e disse que o motivo de sua visita era pedir perdão.
Como resposta, Carvalho disse: “Silas, o perdão quem dá é Deus. Eu fiquei quatro dias na UTI, praticamente sem chance de vida. Mas perdoo, sim. Eu te perdoo”, disse a vítima.
Emocionado, Silas abraçou Djalma Carvalho e agradeceu a oportunidade: “Deus te abençoe, e à sua família. Em nome do Senhor Jesus”.
Assista à reportagem completa com Silas de Jesus neste link.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...