“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Foro de Pelotas recepciona voluntários em Justiça Restaurativa

Foro de Pelotas recepciona voluntários em Justiça Restaurativa
Juiz Marcelo Malizia, Coordenador do Núcleo de Conciliação e Mediação da Comarca fez a acolhida da nova equipe   (Foto: Divulgação/Comarca de Pelotas)
O Foro de Pelotas promoveu reunião de acolhida aos 25 novos voluntários que atuarão no Núcleo de Justiça Restaurativa vinculado à Central de Conciliação e Mediação da Comarca.
A atividade realizou-se na tarde do último dia 17/6 no Salão do Tribunal do Júri, ocasião em que a Equipe Gestora da Central e Conciliação e Mediação recebeu os novos voluntários que serão capacitados pelo Tribunal de Justiça e iniciarão os trabalhos no próximo mês de julho.
De acordo com o Juiz Coordenador da Central, Marcelo Malizia Cabral, os novos agentes de Justiça Restaurativa foram selecionados dentre dezenas de interessados no voluntariado, todos com conduta ilibada e formação em curso superior.
Os voluntários atuarão na prevenção e tratamento de conflitos escolares, familiares e comunitários que envolvam alguma forma de violência. Serão utilizados métodos autocompositivos capazes de propiciar a responsabilização, a reparação e a restauração situações fragilizadas por um conflito.
Os agentes atenderão casos encaminhados pelos Juízes da Comarca e também por instituições e entidades conveniadas.
Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa
Além da formação e da coordenação e supervisão da atuação dos agentes de Justiça Restaurativa, a Central mantém Grupo de Estudos na área, com reuniões semanais sempre às terças-feiras, às 17 horas, na sala de audiências da Direção do Foro de Pelotas (sala 215, na Avenida Ferreira Viana, nº 1134).
Poderão participar do Grupo de Estudos quaisquer interessados no trabalho voluntário com Justiça Restaurativa junto à Central ou mesmo aquelas pessoas que tenham interesse unicamente acadêmico na matéria.

Blog
Buscando primar pela transparência e facilitar o acesso da população à Justiça, a Central lançou seu blog, onde pode ser conferida a íntegra dos resultados das audiências e das pesquisas de satisfação, mês a mês, bem como as demais atividades da Central. Seu endereço é conciliacaopelotas.blogspot.com

Contato
O atendimento na Central é realizado de segundas a sextas-feiras, das 9h às 18h, na sala 706 do Foro de Pelotas (7º andar, na Avenida Ferreira Viana, nº 1134). Fone (53) 3279.4900, ramal 1737. E-mail: conciliamediaplt@tj.rs.gov.br.



Fonte: TJ Rio Grande do Sul - http://www.tjrs.jus.br/site/

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...