“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de maio de 2013

Foro de Pelotas constitui grupo de estudos em Justiça Restaurativa


Foro de Pelotas constitui grupo de estudos em Justiça Restaurativa
O Foro de Pelotas lançou, no dia 7/5, Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa, vinculado à Central de Conciliação e Mediação da Comarca. Poderão participar quaisquer interessados no trabalho voluntário com Justiça Restaurativa junto à Central ou mesmo pessoas que tenham interesse acadêmico na matéria.
O Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa promoverá reuniões semanais, sempre às terças-feiras, às 17h, na sala de audiências da Direção do Foro de Pelotas (sala 215), situado na Avenida Ferreira Viana, nº 1134.
Justiça Restaurativa - A Central de Conciliação e Mediação da Comarca de Pelotas está selecionando e formando voluntários interessados em atuar como Agentes de Construção da Paz, que trabalharão na prevenção e no tratamento de conflitos escolares e comunitários com a utilização de princípios e metodologia da Justiça Restaurativa.
Os requisitos para o exercício da atividade são possuir conduta ilibada, ser bacharel em direito ou ciências afins (serviço social, psicologia, filosofia, sociologia, ciência política, antropologia, história, pedagogia, administração, etc.) e não exercer a advocacia como atividade habitual, conforme regulamentado pela Resolução n.º 870/2011 do Conselho da Magistratura, órgão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.
O processo de seleção será realizado por meio do exame de currículos, históricos escolares e entrevistas e os selecionados participarão de capacitação ministrada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul em parceria com a Escola Superior da Magistratura.
Os interessados devem enviar currículo e histórico escolar para o endereço eletrônico conciliamediaplt@tj.rs.gov.br ou realizar a entrega na sala 706 do Foro de Pelotas, após o que receberão informações adicionais e questionário a preencher.
Blog
Buscando primar pela transparência e facilitar o acesso da população à Justiça, a Central lançou seu blog, no qual pode ser conferida a íntegra dos resultados das audiências e das pesquisas de satisfação, mês a mês, bem como as demais atividades da Central. Seu endereço é conciliacaopelotas.blogspot.com
Contato
O atendimento na Central é realizado de segundas a sextas-feiras, das 9h às 18h, na sala 706 do Foro de Pelotas, 7º andar (Avenida Ferreira Viana, n.º 1134). Telefone (53) 3279.4900, ramal 1737. E-mail: conciliamediaplt@tj.rs.gov.br. 


Fonte: TJ Rio Grande do Sul - http://www.tjrs.jus.br/site/

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...