“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Concurso de redação promove paz escolar e busca reflexão sobre violência no bairro Bom Jardim


Ação vem no contexto de aplicação das práticas restaurativas na escola Catarina Lima que objetivam diminuir violência no centro de educação

Promover a paz escolar, desenvolver habilidades de escrita e leitura, estimulando adolescentes na construção de uma sociedade menos violenta, em que o diálogo seja ator principal para a busca de resolução de conflitos.  Esse foi o objetivo do concurso de redação da Escola Catarina Lima, realizado na manhã de segunda-feira, 05 de novembro, no bairro Bom Jardim, em Fortaleza.
Com o tema paz na escola, o concurso de redação estimulou a paz escolar entre adolescentes do 5° e 9° ano do centro de ensino, incentivando a reflexão acerca da temática da não violência no âmbito educacional, como forma de diminuir os elevados índices de violência escolar no grande Bom Jardim.
Para celebrar o momento e premiar as melhores redações, foi realizado um momento lúdico em que além de informar e agraciar os ganhadores, foram lidas as melhores redações, seguido da apresentação de um grupo musical de adolescentes do projeto Crescer com Arte.
Visivelmente felizes, os alunos se envolveram no momento com grande entusiasmo, celebrando com os amigos vitoriosos, dançando e cantando as músicas da apresentação artística.
Para a vice-diretora da escola, Zélia Freire, o concurso trouxe reflexão e motivação para os 109 alunos inscritos. “Eu acompanhei a expectativa dos alunos. Eles perguntaram e pesquisaram sobre o tema, inclusive nos jornais. Esse concurso elevou a autoestima deles, mostrou que com o seu próprio esforço, eles poderiam promover a paz escolar e ainda serem premiados”, disse.
Já a professora de literatura Claudênia Costa disse que o momento fortalece boas práticas escolares e o empoderamento de crianças e adolescentes. “Essa atividade dá possibilidade de crescimento a adolescentes que vivem em realidades difíceis, pois mostra que, através do esforço e da disciplina, eles podem alcançar seus objetivos, mudar suas realidades”, enfatizou.
Segundo o vencedor do concurso Domilson Alves, 16 anos, paz na escola é ter a união de todos os colegas, vivendo em paz, sem brigas. “Me sinto muito bem por ter ganho. A vitória foi importante, pois me preparei e me esforcei”, falou.
Os melhores textos serão publicados no Jornal Comunitário Informativo BJ, nos blogs de Tdh e dos Núcleos de Mediação Comunitária do Ministério Público e ainda foram agraciados com prêmios.
Reconhecida como uma escola com altos índices de violência e entre os piores índices de desenvolvimento escolar de Fortaleza, a Escola Catarina Lima começa a vivenciar novos horizontes.
Através do projeto Por uma Cultura de Paz – Práticas Restaurativas nas Escolas, parceria entre a Escola Catarina Lima, Terre des hommes Lausanne no Brasil e o Ministério Público, vem sido desenvolvidas e fortalecidas séries de ações que buscam melhorias escolares, implementando uma cultura de diálogo e paz escolar.


-- 
HUGO ACÁCIO
Assessor de Comunicação

Rua Pereira Valente, N° 1.655 - casa 20 
Cep.: 60160 - 250 - Fortaleza/CE - Brasil
Tel: + 55 85 3263 11 42 | Skype: hugoacacio 
Cel: + 55 85 8800 07 19 | Twitter: @tdhbrasil

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...