“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de julho de 2012

Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa e Mediação de Conflitos


Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa e Mediação de Conflitos



O Grupo de Estudos em Justiça Restaurativa e Mediação de Conflitos do Sistema Prisional Gaúcho foi criado em 17 de agosto de 2011. Objetiva realizar discussão e troca de conhecimentos tendo como subsídios a abordagem da Justiça Restaurativa, bem como, outras abordagens teóricas que venham a sustentar o entendimento da Justiça Restaurativa na perspectiva de amparar os servidores em suas práticas profissionais. Lembramos que, este grupo de estudos é um espaço aberto para todos os Servidores Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul, interessados em estudar e desenvolver pesquisas sobre o tema. Os encontros ocorrem na segunda quinta-feira de cada mês, das 14h às 17h30min.

Coordenadoras:
Claúdia Peixoto Huster e Lutiana Ricaldi da Rosa

Contatos:
Fones: (51) 3288.7341 / (51) 8416.8765


PRÓXIMO ENCONTRO

Data: 12/07/2012 (quinta-feira)
Horário: Das 14 às 17h30min
Local: Auditório da Escola do Serviço Penitenciário

Programação DO DIA:

Oficina de trabalho para o planejamento de práticas restaurativas no sistema prisional.
Acesse ao material de apoio através dos links abaixo:

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...