“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Encontro discute propostas de implantação da Justiça Restaurativa em Sorocaba


O prefeito Vitor Lippi participou, na manhã desta terça-feira (17), da abertura do encontro para a apresentação de propostas de implantação da Justiça Restaurativa no município. O evento, promovido pela Secretaria da Juventude (Sejuv) e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), reúne diretores e coordenadores de escolas públicas, e representantes de entidades que atuam com crianças e adolescentes e também dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário). O objetivo é discutir sobre o tema e os eixos de ações para estabelecer a prática na cidade.

“A Justiça Restaurativa é uma estratégia que procura solucionar conflitos, permitindo uma reflexão por parte dos infratores, não utilizando somente os métodos punitivos. Espero que este encontro seja muito produtivo para que possamos implantar este projeto no município. Todos devem trabalhar para que isso se torne realidade: Poder Público e sociedade civil organizada”, comentou Lippi.
Também integraram a mesa de abertura dos trabalhos o juiz da 1ª Vara Especial da Infância e Juventude em São Paulo e especialista em Justiça Restaurativa, Egberto Penido; o juiz da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Sorocaba,Gustavo Scaf de Molon; o vereador Luís Santos, representando a Câmara de Sorocaba; a secretária da Juventude, Edith Maria di Giorgi; o dirigente regional de ensino, José Cândido Mendes; a presidente do CMDCA Sorocaba, Úrsula Jacinto Medeiros, e a coordenadora do Núcleo Cultura da Paz do Centro de Criação de Imagem Popular (CECIP), Mônica Mumme.
O juiz Penido foi o primeiro palestrante. Além de falar sobre os eixos de ações para implantação da Justiça Restaurativa em Sorocaba – aprendizagem dos procedimentos restaurativos, mudança institucional e educacional e criação e fortalecimento da rede de apoio – ele a elogiou. “Sorocaba realmente tem colocado a questão da infância e juventude como prioridade. A existência da Secretaria da Juventude é um grande avanço. Sorocaba tem todas as condições para se tornar referência não só no Estado de São Paulo mas em todo o Brasil”, disse.
Mônica Mumme também disse estar satisfeita com o interesse e comprometimento de diversos setores da sociedade civil organizada e dos três poderes no que diz respeito à implantação do projeto na cidade. “Em vários municípios isso já é realidade e temos certeza que em Sorocaba também dará certo. Vamos ajudar a construir um novo conceito: sair da perspectiva que pune e recompensa e entrar para a que responsabiliza e reconhece”, declara.
Os trabalhos terminam na manhã desta quarta-feira (18). O encontro está sendo realizado no auditório da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), no Alto da Boa Vista.

Lista de Sorocaba.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...