“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de março de 2012

Workshop sobre Justiça Restaurativa com Ulf Christian Eiras Nordenstahl


PROGRAMA
a) Identificar o conflito penal no âmbito da comunidade, suas causas e consequências;
b) Distinguir e compreender as características e diferenças entre a justiça retributiva e a justiça restaurativa;
c) Reconhecer os diferentes tipos de mediação para o conflito penal e suas características, vantagens e desvantagens; e a necessidade de uma interacção entre sujeito, família, comunidade e operadores do sistema;
d) Valorizar as contribuições da vitimologia para a mediação, entendendo esta como um sistema de prevenção e construção da paz social;
e) Providenciar as ferramentas necessárias para a intervenção e a abordagem num processo de mediação de conflitos penais.


Curriculum do dinamizador do workshop, Ulf Christian Eiras Nordenstahl:
                     
Mediador, advogado, professor de História, especialista em Métodos Alternativos de  Resolução de Conflitos. Foi coordenador do Centro de Assistência às Vítimas e do Centro de Mediação Penal do Ministério Público da Província de Buenos Aires, Argentina. Actualmente coordena o Programa de Mediação e Casa de Justiça do Poder Judiciário de Terra do Fogo, Argentina. Formador de mediadores e consultor de programas de mediação e assistência às vítimas na Argentina, Chile, Paraguai, Panamá, Guatemala, México, Equador, Peru, Porto Rico, entre outros. Redigiu a lei de mediação penal da Província de Buenos Aires (lei 13.433) e de mediação da Terra do Fogo (lei 804). Publicou vários artigos em revistas especializadas e livros como:

* “Mediación Penal – de la práctica a la teoría”, Ed. Librería Histórica, Buenos Aires, 2005 (segunda edição ampliada 2010)
* “Donde está la víctima? – Apuntes sobre Victimología”, Ed. Librería Histórica, Buenos Aires, 2008
* “Contribuições da Vitimología à Justiça Restaurativa”, em  “Justiça restaurativa e mediação: políticas públicas no tratamento dos conflitos sociais", Editora Unijuí, Porto Alegre, 2011
* “Propostas para construir um modelo de mediação penal”, em  “Aspectos atuais sobre a mediação e outros métodos extra e judiciais de resolução de conflitos”, Editora GZ, Rio de Janeiro, 2012


ORGANIZAÇÃO DO WORKSHOP

IMAP - Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal 

LOCAL DE REALIZAÇÃO

Junta de Freguesia de São João de Deus em Lisboa (Rua João Villaret, n.º 9)
Metro: Estação de Roma a 2 minutos a pé
Comboios: Estação Roma-Areeiro a 3 minutos a pé
Autocarros: Vários

PREÇO DO WORKSHOP

20 Euros - Público em geral


INSCRIÇÕES ABERTAS

Para se inscrever, envie um mail para info@imap.pt com os seguintes elementos:

Nome: 
_____________________________________________________________
Morada:
_____________________________________________________________
Telemóvel:
_____________________________________________________________
Correio electrónico:
_____________________________________________________________
Número de contribuinte:
_____________________________________________________________

Existem apenas 20 lugares disponíveis. Será dada prioridade a quem se inscrever primeiro.
A inscrição será confirmada após o pagamento (os dados para o efectuar serão enviados via mail após a recepção da sua inscrição).

IMAP.



Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...