“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de julho de 2009

Prêmio

Com o trabalho “Justiça restaurativa nas relações de gênero: recurso adicional na mediação de conflitos envolvendo mulheres em situação de violência doméstica”, a PM e acadêmica de Direito da Unisc Quelen Brondani de Aquino, de Santa Cruz, recebeu na semana passada o primeiro lugar na categoria estudante de graduação no 4º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero, promovido, entre outros, pelo CNPq e Ministério da Educação. As orientadoras foram as professoras Marli Moraes da Costa e Rosane Porto, que também é da Brigada. Quelen pesquisa sobre o tema há mais de um ano e é membro do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Gazeta do Sul, 30/06/2009.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...