“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de maio de 2009

Justiça Juvenil será tema de debate na ESMAM na sexta-feira

O auditório da ESMAM (Escola Superior da Magistratura do Maranhão) recebe na próxima sexta-feira, 8, às 8h, a palestra “Justiça Juvenil Restaurativa: uma prática possível?”, a ser proferida pelo delegado da Fundação Terre des Hommes, Jean Schmitz. Na oportunidade, será lançada a Rede Maranhense de Justiça Juvenil.

A Rede é parceira da Fundação Terre des Hommes e resultado da articulação de entidades governamentais e não-governamentais do Estado que atuam na defesa dos direitos de adolescentes em conflito com a lei, com foco no atendimento socioeducativo em meio aberto e a justiça juvenil restaurativa.

A Fundação Terre des Hommes, por sua vez, é uma associação sem fins lucrativos que orienta ações objetivando a melhoria das condições de vida das populações desfavorecidas dos países do Sul, particularmente crianças e mulheres.

Para realizar atividades, a Fundação conta com apoio do UNICEF e de parceiros locais, como é o caso da Rede Maranhense de Justiça Juvenil, responsáveis pela implementação de programas humanitários e de desenvolvimento. (Da Ascom / TJ-MA)


Jornal Pequeno. 5 de maio de 2009 às 13:40

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...