“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

sábado, 15 de novembro de 2008

Ministro do STJ profere palestra de abertura de seminário em Mato Grosso

Novas perspectivas para conciliação nos Juizados Especiais é o tema da palestra de abertura do 1º Seminário Mato-grossense Sobre os Novos Paradigmas de Resolução de Conflitos que iniciará neste domingo (16/11), às 19 horas, em Chapada dos Guimarães. O palestrante será o ministro aposentado do Superior Tribunal Federal, José Augusto Delgado. O seminário é uma realização da Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis-MT) e reunirá magistrados de todo o Estado para debater alternativas para a resolução de conflitos.

Para mediar as discussões, visando a capacitação dos magistrados que atuem na perspectiva de promover mudanças de comportamento cultural da sociedade, a Esmagis reuniu autoridades renomadas no país sobre o tema. Na programação do evento, para a segunda-feira (17/11) no período da manhã serão abordados os temas: Resolução dos conflitos no Sistema Americano, pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Pernambuco; e Um diálogo entre a terapia familiar sistêmica e as práticas restaurativas, a ser proferida pela psicóloga Júlia Rocha, do Estado do Pernambuco.


No período da tarde, o ministro do STJ, João Otávio de Noronha, ministrará palestra com o tema Políticas Públicas e Mediação Comunitária. A especialista em resolução de conflitos, professora Sílvia Regina Lomberti Melhorança, também irá trabalhar com os magistrados o tema Promoção e desenvolvimento de uma alteridade cidadã: colóquios em torno da contribuição do Poder Judiciário para a efetivação das formas alternativas de solução de conflitos em Mato Grosso.

Para o dia 18, terça-feira, estão previstas palestras com os advogados do Estado de Pernambuco, Carlos Eduardo de Vasconcellos e Emanuel Plácido Oliveira de Moraes e o desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Antônio Rulli Júnior. Os temas a serem abordados serão: Pressupostos Epistemológicos de uma inserção da Mediação e da Arbitragem na Organização Judiciária; Mediação on line: Uma Ferramenta a Serviço da Pacificação Social; e A Mediação e a Educação Superior.


Redação 24HorasNews. 14/11/2008 - 17h31

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...