“É chegada a hora de inverter o paradigma: mentes que amam e corações que pensam.” Barbara Meyer.

“Se você é neutro em situações de injustiça, você escolhe o lado opressor.” Desmond Tutu.

“Perdoar não é esquecer, isso é Amnésia. Perdoar é se lembrar sem se ferir e sem sofrer. Isso é cura. Por isso é uma decisão, não um sentimento.” Desconhecido.

“Chorar não significa se arrepender, se arrepender é mudar de Atitude.” Desconhecido.

"A educação e o ensino são as mais poderosas armas que podes usar para mudar o mundo ... se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." (N. Mandela).

"As utopias se tornam realidades a partir do momento em que começam a luta por elas." (Maria Lúcia Karam).


“A verdadeira viagem de descobrimento consiste não em procurar novas terras, mas ver com novos olhos”
Marcel Proust


Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Universidade Positivo lança Centro de Assistência à Vítima

Via de regra, um crime envolve duas partes: o agressor e a vítima. Em geral, os processos criminais focam-se apenas na figura do agressor, buscando a condenação do culpado, enquanto a vítima passa a ser mera testemunha, quando seria a pessoa que mais precisaria de atenção.

As vítimas de crimes não dispõem de serviços de amparo especializado. Danos físicos, materiais e psicológicos geralmente desenvolvem traumas permanentes, para os quais são necessários diversos acompanhamentos. A fim de prestar atendimento especializado a essas pessoas, a Universidade Positivo lança, nesta quinta-feira (25), às 19h, o Centro de Assistência à Vítima (CAV), durante o III Simpósio de Ciências Criminais, que acontece nos dias 25 e 26 de setembro no auditório do Bloco Bege da UP.

A Universidade Positivo será a primeira instituição de Curitiba a lançar um centro especializado em assistência às vítimas, envolvendo uma equipe multiprofissional. O CAV é um projeto de extensão do Núcleo de Prática Jurídica Evandro Lins e Silva (NPJ) da UP, em parceria com os cursos de Psicologia, Odontologia e Fisioterapia.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Prática Jurídica e responsável pelo CAV, Pedro Luciano Evangelista Ferreira, as vítimas de crimes (roubo, extorsão mediante seqüestro, estupro, ameaça, abuso sexual e violência doméstica, entre outros) necessitam de atenção e amparo especializados, mas nem sempre dispõem de meios para isso. “Em qualquer processo criminal, a vítima não é colocada em evidência, sendo apenas mera testemunha para o processo que está sempre focado na punição. Alguns crimes, em especial os violentos, geram a necessidade de uma assistência especial à vítima, e órgãos públicos ou privados não oferecem amparo, mesmo legal, a elas. Por isso, a necessidade de implementar um centro de assistência e uma rede de apoio que proporcione serviços específicos de acompanhamento possui especial importância”, explica.

Entre os grupos de pessoas que mais sofrem com crimes estão crianças, mulheres e idosos. Além do dano material e psicológico, o dano físico é freqüente, por isso a vinculação a outros cursos da Universidade. “Os cursos de Psicologia, Odontologia e de Fisioterapia oferecem ferramentas importantes para o amparo das vítimas. Caso haja lesões, eles podem ajudar os pacientes a se recuperarem”, conta Ferreira.

O CAV terá uma ação conjunta a delegacias de Polícia, ao Fórum Criminal e a entidades filantrópicas, que irão encaminhar vítimas para atendimento. “Além do Núcleo de Prática Jurídica, que em alguns casos podem auxiliar no processo penal, as clínicas de Psicologia, Odontologia e Fisioterapia vão oferecer atendimento diferenciado às vítimas encaminhadas depois de passarem por uma triagem feita no NPJ. O CAV também será um campo de estudos de vitimologia, área do Direito que estuda a vítima, com o objetivo de revelar dados concretos sobre elas”, salienta o responsável pelo CAV.

III Simpósio de Ciências Criminais: um olhar para a vítima

O Centro de Assistência à Vítima será lançado no primeiro dia do “III Simpósio Universidade Positivo de Ciências Criminais: um olhar para a vítima”, que tem como tema justamente a figura da vítima nos processos penais. Entre os palestrantes está a consultora da Organização das Nações Unidas (ONU) e principal especialista na área de Vitimologia do país, doutora Ester Kosovski, que ministra palestra com tema “vitimologia: a voz e a vez da vítima” depois da cerimônia de lançamento do CAV, na quinta-feira (25).

Outra autoridade no assunto é o professor da faculdade de Direito da Universidade de Bologna (Itália), Massimo Pavarini, um dos principais nomes da área no mundo. Ele fará conferência sobre as tendências atuais nas políticas penais e de encarceramento no mundo no dia anterior à abertura do Simpósio, quarta-feira (24), às 19h.

Serviço

Lançamento do Centro de Assistência à Vítima da Universidade Positivo

* Dia 25 de setembro de 2008, às 19h
* Local: Universidade Positivo (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido)
* Auditório do Bloco Bege

III Simpósio Universidade Positivo de Ciências Criminais

* Dias 25 e 26 de setembro de 2008, quinta e sexta-feira, a partir das 19h
* Local: Universidade Positivo (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido)
* Auditório do Bloco Bege

Conferência Especial

* "DEMOCRACIA, CONSENSO SOCIAL E PENALIDADE:
* AS TENDÊNCIAS ATUAIS NAS POLÍTICAS PENAIS E DE ENCARCERAMENTO NO MUNDO".
* Prof. Dr. Massimo Pavarini
* Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Bologna
* Dia 24 de Setembro de 2008 (Quarta-feira), às 19h
* Local: Universidade Positivo (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido)
* Auditório do Bloco Bege


Disponível em: http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=notas&id=22076. Acesso em: 25/09/2008.

Nenhum comentário:

Justiça Restaurativa: Marco Teórico, Experiências Brasileiras, Propostas e Direitos Humanos

...

...